18.1.05

Noites Caídas 1 - A rubrica que se impunha

Quando trabalhei na rádio, há muitos anos atrás, havia lá um programa que fez história (pelo menos a malta gostava de pensar isso), chamava-se "Má Vida". A ideia da rubrica já nem sei muito bem de quem partiu, mas deve ter sido gerada num bar.

De qualquer maneira, a "Má Vida", para onde cheguei a contribuir e que acabou por ser adoptada por todos, estará para sempre ligada a três nomes que aqui divulgo por serem e terem sido públicos via antena - Ana Maria Ramos, Pedro Malaquias e Silvana Marques. Perdoem-me se esqueci algum invicto da emissora, mas quando lá aterrei foram estes nomes que associei a tudo o que aprendi naquela redacção. E ainda associo. Ah pois é!

Nos idos 90, o "Má Vida" era mesmo inovador e dedicava-se a peregrinar pelas capelas nocturnas, testando o serviço de apoio espiritual às almas; O que se ouvia, o que se bebia, quem se via, como se sentia, se o porteiro era uma besta ou um porreiro, etc. Além disso, o programa ainda cumpria a função de roteiro cultural, destilando acontecimentos nocturnos, como concertos e espectáculos com elevado grau de importância para o conforto dos ouvintes.

Passados uns anos, roteiros nocturnos são mato, mas nunca mais houve má vida como a da 92.4 FM... Ah pois não!

Para quem me "escuta", não pense que vai aqui encontrar uma rubrica diária... Já não tenho o tempo e a energia dos companheiros da antena a meu lado... Mas má vida é quando uma mulher puder.

"Noites Caídas" não me parece grande coisa como nome, mas o que é certo é que a noite vai caindo, todos os dias. Vou ver se apanho alguma coisa e não fico pendurada na insónia.

RM 1

Vertigo (fica ali ao pé do Largo do Carmo, ao lado da loja do Tenente)

Ficam desde já a saber que a especialista neste bar mora aqui. Quaisquer reclamações é favor postar lá. A primeira impressão que recolhi, ainda na ida para este café-bar, foi a imagem de todos os finais de epísódio da série americana da Ally McBeal. É bom ter um sítio onde ir quando fechamos a jornada, ou simplesmente a interrompemos, para desabafarmos as mágoas e falarmos dos nossos projectos e, muito importante, falarmos mal do sistema e dos chefes (até os chefes têm um, o que não deixa ninguém de fora!).

O Vertigo (o nome não tem nada a ver com o filme do Hitchcok, escusam já de fazer a mesma pergunta que eu fiz a um dos simpatiquíssimos empregados, que me garantiu que o filme não era para ali chamado) é o típico café traçado de bar, ou vice-versa, que serve o pequeno almoço e todas as refeições que se seguem, e está aberto até à meia-noite. É o ideal para tomar um copo antes de ir para casa, ou iniciar uma noitada já com algum aconchego no estômago. A comida (entre saladas, tostas enfeitadas no prato, sopas elaboradas) pede-se ao balcão, e depois servem-na à mesa. Os empregados são giros e compõem o ambiente... A decoração é gira e faz-me lembrar a minha avó (embora isto não interesse para o caso). O bolo de chocolate é divino - derrete-se na boca e na alma... menos na balança. A fã de serviço costuma deliciar-se com um bolo esquisito típico da Turquia, embebido em água de rosas... Eu dispenso. De resto, vale bem a pena tagarelar no Vertigo. (Também tem o seu quê de romântico, mas isso sou eu que vejo amor em toda a parte).

PS - A noite já ia confusa e um pouco turva, mas fiquei com a impressão que o dono é jugoslavo e a cozinheira brasileira. Mas isto é capaz de ser confusão minha, e também ao caso vem a dizer muito pouco.

Pronto. Isto hoje foi só a emissão zero, espécie de sessão experimental. Volto à antena numa destas noites que por aí caem...

5 Comments:

Blogger Toix said...

Vertigo - vertigem. E com a noite condizem...
Fico à espera do resto do roteiro. Entretanto, se me permites, em noites mais cálidas sugiro o avesso das docas, o cais do Ginjal.

11:47 da manhã  
Blogger objectiva3 said...

O tal bolo embebido em água de rosas é sublime...
Mas fica muito aquém das nossas deliciosas tertúlias!
Kiss. :)

1:31 da tarde  
Blogger Lolita said...

E hoje é Vertigo ou Ginjal?

2:23 da tarde  
Blogger Roxanne said...

Muito útil esta rubrica...ainda me lembro da versão radiofónica, ah pois é. Quanto ao Vertigo, passou a estar na minha lista porque tem moscatel ;-)
Beijinho

7:19 da tarde  
Blogger Alice said...

Vim cá retribuir a visita mas já estou arrependido porque vou passar a noite a pensar nesse bolo de chocolate...

1:51 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home