20.1.05

Na América...

Estou neste momento a ver o programa da Ophra na Sic cor-de-rosa e nem quero acreditar que o Bill Clinton também lá foi ao "beija mão"... Não sei se ria, se chore, se desligue ou se vá buscar a caçadeira (como dizia o Mário Castrim).

Ah... Já percebi. O Clinton está em campanha de lançamento de um livro autobiográfico - intitula-se "A Minha Vida".

O programa está a decorrer de uma forma surreal, não vi do início, se calhar não chego ao fim, mas do que estou a apanhar ainda só ouvi falar da Mónica Lewisnky... e de como a Hillary o pôs a dormir no sofá durante dois meses.

A Ophra teve agora uma tirada digna do seu estatuto - "Desculpe lá, mas quer que acreditemos que não havia mais nenhum quarto onde dormir (estão a ver a Casa Branca?)". Claro que tinha, mas o ex-presidente dos EUA gostava do sofá da sala (está tudo explicado no livro).

(...)

Agora, Clinton está a contar que recorreu a aconselhamento conjugal. Uma tirada brilhante sobre o amor, o perdão...

(...)

Este tipo é mesmo um bom político, e a Ophra é mesmo uma grande apresentadora e comunicadora. Senão, como é que ainda os estou a ver, se ninguém me amarrou ao sofá?

E chegou ao fim.

Moral da história: Clinton não se importava de ser o "primeiro marido" da América. A senadora Hillary nem lhe vai agradecer, porque não há perdões grátis.

A minha moral da história: Ao menos os nossos políticos podem ter as Mónicas que quiserem. Sorte a deles e nossa, neste caso, que vivemos em Portugal. Alguém imagina a Teresa Guilherme ou a Fátima Lopes (ou a Catarina Furtado ou a Bárbara Guimarães, dependendo do género e do horário) a entrevistar um candidato da nossa praça acerca de um desvio na sua vida privada? Era caso para usar a caçadeira.

3 Comments:

Blogger Lolita said...

O problema dos nossos políticos são os Mónicos e não as Mónicas...

1:09 da tarde  
Blogger Toix said...

Com o rumo que isto leva, ainda hevemos de ver uma dessas bisbilhoteiras de seviço a fazer a entrevista no Trumps.

2:31 da tarde  
Blogger bolaxamaria said...

Tenho que admitir que também já dei por mim agarrada a esse maldito programa.
Mas atenção, foi só quando lá foram as magníficas do Sexo e a Cidade falar do final da série...
Mentira, também assisti àquele programa em que a irmã da Ashley Judd admitiu ter um problema com comida, e àquele em que o Billy Cristal foi convidado para falar de um livro que escreveu para crianças, e outro também, mas agora não me lembro...
Enfim, essa mulher é o diabo!

9:48 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home