10.1.06

a lei do silêncio

Tive duas namoradas pelas quais me apaixonei porque me deixavam falar.

Depois de ler o post no Classe Média envergonhei-me um pouco, confesso, depois reajustei logo os meus códigos e continuei na minha - Os homens gostam de ser ouvidos.

Posso a partir daqui revelar-lhes uma pequena parte de um dos segredos mais bem mal guardados do mundo - de que falam as mulheres quando reunidas em conselho? Eu costumo dizer a algumas amigas sem namorado para ficarem um bocadinho caladas, caso contrário eles não dão a mínima hipótese e fogem. Eu explico, se uma mulher apanhar pela frente um homem que fala, fala, fala, ela dá-lhe o benefício da dúvida durante uns tempos, na esperança que após a conquista ele sossegue e então passe a ouvi-la também. O que interessa, a curto prazo, é "apanhá-lo". Juro, as mulheres no início nem querem saber, não medem o tempo do uso da palavra, ocupadas que estão a quantificar outras coisas, como o número de suspiros que lhes provoca a criatura. Se o mesmo acontecer no inverso, o homem parte imediatamente para outra audiência mais bem comportada e atenta. E assim é o homem, que dizemos pouco sensível...

Esta é a versão crua, espécie de manual com directrizes curtas e grossas para enfiar juízo na cabeça das amigas.

A versão sensata e serena... Saber ouvir é das qualidades mais atraentes num ser humano. Quando genuína, significa que queremos mesmo absorver o outro, aprender com ele, crescer. O silêncio pode não ser de oiro, que só brilha, se puder ser de aço inoxidável é bem mais fiável.

8 Comments:

Anonymous johnny handsome said...

Ora aqui está uma grande confusão na ciência dos materiais. O ouro, estimada AS, é dos metais mais nobres. Tem excelente condutividade eléctrica, é extremamente ductil e não oxida mesmo nada, ao contrário do aço inoxidável que, pasme-se, oxida! Sim, perguntem a qualquer caçador submarino o que lhe acontece à faca "inoxidável" se não cuidar dela. Nem o titânio escapa ao flagelo da oxidação (embora alguns digam o contrário). O aço inoxidável, além disso, quebra e não existe na natureza. É um produto tecnológico.
Assim, o silêncio de ouro ainda é o mais precioso, natural e fiável. Na dúvida ninguém sabe até que ponto vai a nossa ignorância. Um idiota calado é sempre de difícil detecção podendo o silêncio, no caso dos idiotas evidentemente, ser uma excelente defesa para conservação da espécie.
Cada um saberá de si e deverá então usar o que mais lhe convém: Silêncio ou Oratória.

8:58 da manhã  
Anonymous johnny handsome said...

P.S. - Espero que os idiotas não leiam o meu "post" anterior ou começam a usar o silêncio como arma de destruição massiça contra os eloquentes e eruditos. Ainda me vão culpar por terem namorada(o)s idiotas e só terem dado por ela ao fim de muito tempo....

9:02 da manhã  
Blogger AS said...

tá bem... mas o aço não deixa de ser um execelnete condutor do calor. ;)

6:44 da tarde  
Blogger objectiva3 said...

Há recado na caixa postal objectiva3!!!

:)

6:58 da tarde  
Blogger Paz Kardo said...

então ouve-me lá com atenção, para que não hajam confusões de caracter pessoal ou social em relação à tua opinião criada sabe-se lá do quê em relação aos aspectos que pretendes discutir nesta tua teoria que te leva a concluir ou pelo menos repensar de alguma forma que de facto podes chegar à conclusão de forma mais ou menos definitiva ou não, quiçá, porque as pessoas às vezes mudam de ideias, não se sabe bem porquê mas mudam, mas estava eu a dizer que concluis tu a determinado momento que determinada coisa que se disse em determinada altura faz-te pensar que os homens gostam de ser ouvidos e que mesmo assim podem estar a falar durante horas sem dizer coisa nenhuma que se entenda... tens razão, pronto...

http://ausenciapazkardo.blogspot.com

1:29 da manhã  
Blogger AS said...

:)))

1:44 da manhã  
Blogger clark59 said...

'o silêncio, se puder ser de aço'... empresta-me isto para um poema?

8:40 da tarde  
Blogger AS said...

... até lhe dou! ;)

12:57 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home