18.10.04

Sem sombra de pecado

Na cidade nocturna luminosa com mil olhos aquáticos pintados...

Yvette K. Centeno

O Bairro Alto está em forma. As ruas estão cheias (as esquinas então nem se fala), há bares com preços aceitáveis, há vintões, há trintões, poucos 'teens' e poucos quarentões (onde andam?), malta vestida com a roupa da avó e pijamas desportivos, muitos gay, cuecas nos estendais, uma ou outra rapariga com o salto entalado entre as pedras (não sabem que o BA, e meia Lisboa, pede calçado de guerra?), algumas vedetas à portuguesa a fazerem de conta que querem passar despercebidas, entre outros cromos autocolantes. Na última sexta-feira também devo ter sido uma "croma". A noite foi gira, mas não me encheu as medidas. Há muito tempo que as noites estão aquem do que os dias me pedem - boa música, dança, brilho, magia e poesia. Salva-se a conversa, que é sempre boa como as companhias que tenho o prazer de disfrutar, mas não chega para saldar a dívida que Lisboa tem comigo, é que nesta capela não faço eu 'mea culpa'. O pecado há muito que mora longe da noite na cidade, agora só há corpos que se portam mal, sem alma.

6 Comments:

Blogger objectiva3 said...

Uma tertúlia na mesa
contigo a dissertar
podes ter uma certeza
melhor não posso estar!
;))

4:54 da manhã  
Blogger Francisco said...

Raramente vou ao Bairro Alto. Enfim...

3:43 da tarde  
Blogger Toix said...

O Bairro já não é o que era... nem nós já somos o que fomos. Chegam agora outros, com o mesmo deslumbramento nos olhos e a mesma urgência dos sentidos. Reparaste?
Eu deixei de frequentar sítios onde poderia cruzar-me com os meus filhos à porta.

2:36 da tarde  
Blogger AS said...

Enfim... O Bairro Alto foi só um pretexto para falar na noite que ainda não encontrei... Só há uma solução, continuar a procurar! ;)

7:14 da tarde  
Blogger Lolita said...

Isso dos pijamas desportivos é comigo?
Já sei q não gostas da minha maneira de vestir... e que te irrita! Mas confesso que salto agulha em pleno Bairro Alto já não condiz comigo...

5:31 da tarde  
Blogger MJM said...

"...
Lisboa andou de lado em lado
Foi ver uma tourada
Depois bailou, bebeu
Lisboa ouviu cantar o fado
Já era madrugada
Quando ela adormeceu"

;-) Kiss

10:02 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home