9.3.05

Babada

O Rodrigo é meu afilhado e tem dois anos e meio de inteligência digna da madrinha que os progenitores, vá-se lá saber porquê, escolheram. O Rodrigo é como eu, de modéstia não tem nada, está sempre a dizer: “O kiko é um menino lindo”. A culpa é minha e de outros tios-amigos que estão sempre a dizer-lhe isso. E é verdade. Não é o mais lindo, mas é lindo, como supostamente todas as crianças deveriam ser.

Não me sinto culpada por estar a “criar” um rapaz mimado e convencido, porque quando é preciso sou muito má para ele. Contrario-o como ninguém e deixo-o a chorar o tempo que for preciso para ele abrir os pulmões e cultivar a voz de homem. Palmadas no rabo já lhe assentei algumas e o meu marido, o padrinho, já disse que qualquer dia o pendura de cabeça para baixo... O Rodrigo é um bocadinho peste e sabe-a toda, é por isso. Mas o que realmente lhe constrói o carácter e o faz arrepender-se das suas pequenas maldades é mostrarmo-nos zangados com ele, ofendidos mesmo. O Rodrigo é sensível e pede “estupa”.

Não sei o que se passa na cabeça do Rodrigo de dois anos e meio. Não sei o que ele vê, com a perspectiva pelos nossos joelhos, do nosso mundo de crescidos. Vendo-nos de baixo para cima, o que pensará ele de nós?

Ontem, no entanto, ele brindou-me com um elogio que mais do que me fazer corar de vaidosa, me permitiu perceber que a consciência que o meu afilhado tem de nós, crescidos que acompanham o seu crescimento, é talvez superior ao que julgava. Ele topa-nos à distância. Reconhece todos os nossos contornos, posturas, atitudes, afinidades. Topa tudo.

Pegou numa revista daquelas de fim-de-semana, e quando olhou para a capa exclamou: “Pareche a Ana!” (parece, não disse que era, reparem...). A Ana? Perguntou a mãe. “Xim, a Ana. A madinha”. A minha “clone” é uma actriz de novelas brasileira, que de parecida comigo pouco tem... Mesmo assim, babei.

4 Comments:

Blogger Lolita said...

Esse gajo é um fenómeno... tenho muito orgulho do "sobrinho" que tenho. Agora até já sabe cantar o macaco!

5:45 da tarde  
Blogger objectiva3 said...

O teu afilhado é uma criança adorável! Influências???
Dos pais e família, e da madrinha!!! Limpa lá a baba...
:)Kisses.

6:12 da tarde  
Blogger O asdrúbal said...

Nunca vi um afilhado tão parecido com o padrinho... O puto vai longe!

6:39 da tarde  
Blogger Paz Kardo said...

Ena, que o puto é mesmo BOM!!! Deixa esta gente toda babada, tios, padrinhos, etc... Seus babados... LOL!

7:32 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home