29.7.05

Francisco, é já a seguir

O Francisco é o único resistente na demanda do meu código. O tal que há séculos eu anuncio aqui ao lado vir a desvendar.

Só tenho uma razão para o atraso - falta de paciência.

Eu juro que na semana que aí vem publico a chave. Ou não me chame eu Cátia Alexandra.

4 Comments:

Blogger Zecatelhado said...

Sabes que já conheco o Xiquinho há bué de tempo?
Sabes que ele é perito em desvendar "códigos"?
Vais ver que não me engano!


Um abração do
Zecatelhado

12:25 da tarde  
Blogger Francisco said...

Esse Francisco é uma grande Melga!

5:22 da tarde  
Anonymous toix said...

Eu na altura percebi que o "código" tinha qualquer coisa a ver com um poema, ou a Poesia. Com Pessoa ou Florbela, por aí. Mas agora com este calor não vou lá. Derreti...

3:56 da tarde  
Anonymous fernando said...

Também venho aqui de vez em quando espreitar para ver se já está.
O problema está em perceber que raio de palavra é que Renoir pintou. Com 5 letras poderia ser Paris mas as iniciais não dão com o resto, depois pensei em baile e idem. Se calhar foi o "resto" que falhou.
Apanhei a loucura dos estranguladores anglos, as sensações do Mourão Ferreira, a alma da Natália... Não percebi a 11ª promessa do Vinícius, mesmo vasculhando a Modinha até à exaustão (ainda pensei que fosse a "emoção" do 11º verso) nem o que o Pessoa andou a fazer pelas mesas dos cafés (algo com sentido para este código, entenda-se).
Espero ansioso a resposta.

4:08 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home