24.5.04

Lili a evangelista

O Professor Marcelo Rebelo de Sousa tem razão quando atribui parte do grande interesse manifestado pelos canais televisivos, e até pela TSF, na cerimónia real em Madrid, ao desejo de pôr em prática um pouco de jornalismo positivo. Boas notícias fazem dias felizes. Para a prossecução deste objectivo psico-terapeuta dos média, os mais afoitos, como a SIC, escolhem comentadores que nos fazem rir. Lili Caneças é disso exemplo. A senhora ficou visivelmente emocionada com aquela que foi sem dúvida, na minha opinião, a melhor intervenção (e que bem podia ser elevada a moção, não tivesse o seu subscritor desaparecido há muito tempo!) de todo o fim de semana político-real-social: A leitura declamada pela avó de Letizia Ortiz. Lili, que não é o Padre Borga, referiu-se à passagem da Bíblia como "O Evangelho de S. Paulo aos Coríntios"... Epístola, minha senhora, epístola! São Paulo não escreveu nenhum evangelho...

1 Comments:

Blogger K said...

Olá. Era só para dizer que na realidade o S. Paulo escreveu um evangelho, mas foi numa noite em que estava bêbado e Jesus recusou-se a aceitar aquilo, porque falava sobretudo de como as mulheres na Palestina andavam com vestidos pouco transparentes.

10:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home