11.4.06

momento sagrado

No meu testamento escreverei que abdico da supremacia da minha razão, da inércia da minha paixão, do desperdício dos dias sem gana, das horas mortas que não ressuscitei. Nesse testamento escreverei todos os dias um pouco de mim que não quero levar. No meu testamento não há herdeiros, só cúmplices.

12 Comments:

Blogger clark59 said...

Ora bem, foda-se, vou comentar de atacado. A menina está cá com um vipe de blogar que eu nem lhe conto. E tem razão. Nós, os que queremos mais, às vezes sabe-se lá porquê, temos sempre razão.
Ah! Não acredito que algum dia passes a ser uma gaja convencida. És apenas boa. No bom e no mau (?) sentido.

4:01 da manhã  
Anonymous Helder said...

«(...)da inércia da minha paixão, do desperdício dos dias sem gana, das horas mortas que não ressuscitei».
Ai!!! Anda um homem a tentar fugir à razão das coisas e não é que há quem nos lembre o que desejamos esquecer?

PS: Descobri hoje este cantinho. Boa surpresa!

5:12 da manhã  
Blogger Lolita said...

NO meu testamento deixo escrito que ficas com aquela tal mala! :-)

10:51 da manhã  
Blogger maldito cinema said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

11:57 da manhã  
Blogger maldito cinema said...

No meu testamento escreverei de todos os que amei, e um mais que todos, e de ti porque sim.

11:59 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nice colors. Keep up the good work. thnx!
»

9:05 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»

7:36 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»

10:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

1:18 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

What a great site, how do you build such a cool site, its excellent.
»

8:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

7:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Excellent, love it!
»

7:02 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home